Livro: Ramana meu Mestre

PERGUNTA DE DEVOTO: "Porque o Ser se manifestou então sob a forma deste mundo de misérias?"

RAMANA: "O Ser é o manifestador imanifestado. Quem lhe disse que ele está manifestado? Os seus olhos não se podem ver. Mas coloque-se diante de um espelho e eles poderão enxergar-se. Acontece o mesmo com a criação. Veja a si mesmo primeiramente e em seguida você verá que não existe nada além do Ser Supremo."

Excerto extraído do livro Ramana meu Mestre de Sri Maha Krishna Swami (pag.123). Livro editado por Bhagavan Sri Ramanashram e SMKS - Brasil.


Na sequência sobre o que Ramana Maharshi nos ensina para nos libertarmos daquilo que nos parece ser uma fatalidade, o sofrimento

Ramana diz-nos no livro Ensinamentos Espirituais, página 94, 2ª resposta:

Deixe tudo a cargo do Mestre. Entregue-se a ele sem reservas.

Uma das duas coisas seguintes deve ser feita:

entregar-se, porque percebe a sua falta de habilidade e precisa da ajuda de um Poder Superior; 

ou

investigar* a causa do sofrimento, ir até à Fonte* e, então, unir-se ao Eu Superior.

Libertar-se-á do sofrimento através de uma dessas formas. Deus e o Guru jamais esquecem o devoto que se entrega.
  • Investigar para Ramana significa praticar todos os dias a Auto-Inquirição “Quem Sou Eu?”.
  • Fonte para Ramana significa Consciência (consciência pura, isto é, sem nenhum pensamento ou emoção que seja).

Na página 151, linha 19, a contar de cima, do livro Os Ensinamentos De Ramana Maharshi Em Suas Próprias Palavras encontra esta frase de uma resposta de Ramana:

…Que outro meio há senão puxar a mente de volta ao interior toda a vez que ela vaguear ou voltar-se para fora

Página 143, linha 16, a contar de cima, do livro Os Ensinamentos De Ramana Maharshi Em Suas Próprias Palavras encontra outra frase de uma resposta de Ramana:

…Pode fazer isso buscando a fonte do sentimento eu”…

Página 140, segunda resposta de Ramana, do livro Os Ensinamentos De Ramana Maharshi Em Suas Próprias Palavras:

A investigação ”Quem Sou Eu?” significa tentar encontrar a fonte do ego ou pensamento-eu. Então, não deve ocupar a mente com outros pensamentos…

   ☼ Página 142, quarta resposta de Ramana, do livro Os Ensinamentos De Ramana Maharshi Em Suas Próprias Palavras:

Não precisa de eliminar nenhum falso “eu”. Como pode o “eu” eliminar-se a si mesmo? Tudo o que precisa de fazer é encontrar a Fonte do “eu” e permanecer lá. O seu esforço só pode levá-lo até esse ponto. A partir daí o Transcendental vai tomar conta de si mesmo. Não pode fazer mais nada então. Nenhum esforço pode chegar até Ele.